Renata Giudice

Nutricionista

Emagrecimento personalizado

(linha lowcarb ou tradicional).

Diabetes.

Doenças metabólicas e cardiovasculares.

Atividade física e suplementação esportiva.

Gestantes.

Intolerâncias Alimentares.

Sobre

Renata Giudice 

Sou nutricionista clínica formada pela USP com especialização em Nutrição Clínica Preventiva. Acredito que alimentação é, antes de tudo, alegria, comunhão e satisfação. Atingir seus objetivos pode ser mais simples e prazeroso se houver comprometimento pessoal e auxílio técnico especializado. Acredito poder contribuir com a melhora de sua qualidade de vida!

O que é Low Carb?

4 Pilares da Alimentação Low Carb
  1. Escolha por alimentos “de verdade”, excluindo tanto quanto possível os industrializados e ultraprocessados.
  2. Redução no consumo de carboidratos, especialmente os refinados (farinhas brancas e massas), a um percentual entre 5 e 15% do valor calórico total.
  3. Oferta de proteínas em quantidade suficiente para cada organismo, em torno de 20% do valor energético total da dieta.
  4. Resgate da gordura natural dos alimentos, cuja contribuição será em torno de 60-70% do total calórico.

Deste modo, a alimentação segue uma premissa bastante simples: focar em produtos de origem animal não processados e vegetais, a tríade: planta, bicho e ovo.

O histórico da Alimentação Low Carb

Esta forma de alimentação foi a única possível durante grande parte da história humana, antes do advento da agricultura, há aproximadamente 10.000 anos, ou seja, o homo sapiens se alimentou desta forma durante a maior parte dos 2,5 milhões de anos de sua existência.

Mas foi com a produção de alimentos em massa que ocorreu após a 2ª. Grande Guerra que a obesidade e as doenças crônicas tiveram um aumento exponencial. Alimentos como biscoitos, doces e sorvetes, sucos e refrigerantes, macarrão instantâneo, margarina e tantos outros passaram a compor as refeições dos indivíduos pela praticidade, baixo custo e, principalmente pela palatabilidade que oferecem, ocasionando grande parte dos problemas metabólicos que a população enfrenta até hoje.

Meu contato com a Alimentação Low Carb

Tive contato com este universo em novembro de 2016, quando conheci o trabalho do médico José Carlos Souto que foi o grande responsável pela democratização deste conteúdo, através do seu blog Ciência Lowcarb e Podcast Tribo Forte.

Antes disso, eu já trabalhava com um esquema semelhante denominado Baixo Índice Glicêmico, o que apenas confirmou o papel central do hormônio insulina no manejo da obesidade e síndrome metabólica.

Desde então, venho me dedicando ao estudo desta estratégia, que a cada dia ganha o respeito de instituições reconhecidas como a Associação Americana de Diabetes através de publicações científicas que se propõem a analisar as características do método em relação ao modelo tradicional com contagem de calorias e redução de gorduras.

Alimentos Low Carb

São alimentos lowcarb
Carne bovina, suína, aves e peixes.
Embutidos artesanais, frutos do mar e vísceras.
Ovos.
Iogurtes e queijos.
Vegetais de baixo amido como brócolis, couve-flor, abobrinha, berinjela, tomate, vegetais folhosos, dentre outros.
Frutas com baixo teor de açúcares como abacate, coco, morango, kiwi, ameixa, pêssego entre outros.
Gorduras naturais como óleo de coco, azeite de oliva, banha, creme de leite.
Ervas frescas e desidratadas e temperos naturais como curry, páprica, açafrão, pimenta-do-reino, entre outros
Oleaginosas e suas farinhas como amêndoas, caju, do Pará e outros ingredientes ricos em fibras como Psyllium, linhaça, chia, goma xantana e etc.
Comida de verdade, com pequeno grau de processamento industrial, contendo uma pequena lista de ingredientes naturais.
Alimentos não Low Carb

Não são lowcarb
Cereais como arroz, milho, trigo, aveia, centeio, quinoa e todas as massas frescas e desidratadas elaboradas com estes produtos.
Tubérculos como batata, mandioquinha, cará, inhame, mandioca e seus subprodutos como a tapioca
Leguminosas como feijão, ervilha, lentilha, grão-de-bico, etc.
Leite
Açúcares livres incluindo demerara e mascavo e presentes em sucos e refrigerantes.
Frutas muito doces como banana, uva, manga, melancia, abacaxi.
Gorduras processadas como óleos de soja, milho, girassol, canola e margarina.
 Molhos para salada, temperos prontos em pó, caldos industrializados.
Farinhas processadas provenientes de cereais como arroz, trigo, milho, aveia, centeio e tubérculos como tapioca e fécula de batata.
Comida industrializada, com diversos aditivos como estabilizantes, corantes, conservantes, acidulantes, etc.

Lançamento: Livro Celebrando a Vida com Receitas Lowcarb

Aprenda a elaborar preparações passo-a-passo em um livro totalmente ilustrado e cheio de sugestões saborosas.

São 92 receitas produzidas pelas nutricionistas Débora Pereira e Renata Giudice, especializadas na estratégia lowcarb.

Disponível nas versões impressa e digital. Para obter mais informações e adquirir clique no botão:

E-book Gratuito

Atendimento Clínico

Atendimento clínico individual

O sucesso do tratamento de nutrição depende de vários fatores como empatia com o profissional e, principalmente, compreensão das necessidades do cliente e sua disponibilidade para seguir as orientações. 

A consulta de nutrição inclui uma avaliação de hábitos alimentares e da composição corporal, a fim de estabelecer metas como melhoria de parâmetros laboratoriais, redução do percentual de gordura e aumento de massa muscular, controle do diabetes, dentre outros.

Para concluir o atendimento, será elaborado um plano alimentar personalizado, onde cada item é negociado para que haja a melhor adesão possível e, consequentemente, os melhores resultados.

Especialidades

Emagrecimento

Reeducação Alimentar

Bem-estar digestivo

Intolerância e alergias

Cozinha saudável / planejamento

Alimentação para atividade física

Contato

Para maiores informações, entre em contato através de nossa página do facebook, telefone/Whatsapp ou email.

Tel: (11) 94189-4890

Av. Guilherme Giorgi, 374 – Sala 10 – Vila Carrão
São Paulo, SP – 03422000

email: giolive@uol.com.br

9 + 8 =